quinta-feira, 17 de março de 2011

western australiano

Red Hill – Uma “Busca Sangrenta” em território australiano


  O cinema de ação tem despontado nos últimos tempos em outros países, ancorado por outras culturas e apresentando ao público novos atores em roteiros que se não chegam a surpreender, ao menos comprovam que não é apenas Hollywood que sabe fazer filmes de ação e aventura. Outras culturas também sabem lidar com o cinema físico, sendo igualmente capazes de criar seus próprios heróis e vilões em tramas tecidas com precisão e inteligência visando agradar o publico que aprecia uma boa historia de ação ambientada fora dos Estados Unidos e por isso mesmo, pouco convencional.
  E o cinema australiano dá um bom exemplo com Red Hill, um thriller de ação e muito suspense comandado pelo diretor, roteirista e produtor Patrick Hughes que com muita disposição e criatividade consegue criar um faroeste contemporâneo ambientado na Austrália, que como muitos sabem aparentemente é um país pacifico e na cidade em que se passa o enredo do filme, crimes violentos são eventos raríssimos e o acontecimento mais brutal que pode quebrar a rotina de uma cidade tão calma é a morte misteriosa do gado que parece ter sido atacado por algum animal selvagem – porém, a misteriosa pantera inserida sutilmente em uma subtrama que parece não acrescentar nada ao roteiro, serve de amostra para o terrível massacre que tingirá de sangue as ruas pacatas de Red Hill.
  
Gado mutilado







  Shane Cooper, interpretado por Ryan Kwanten, é um jovem policial recém chegado à pequena cidade de Red Hill, com sua esposa grávida para fazerem vida nova em uma cidade calma. Shane inicia seu trabalho como policial no distrito do município junto ao xerife e seus demais ajudantes, e sua primeira missão é investigar o misterioso ataque ao gado de uma pequena fazenda, que estava perdendo seu rebanho que sofrera mutilações. Mas logo tal investigação ficará em segundo plano, pois o xerife convoca todos os homens e até alguns voluntários para empreender uma caçada a um assassino altamente perigoso chamado Jimmy Conway, que fugiu de alguma prisão e esta à solta pelos arredores de Red Hill matando qualquer um que cruzar o seu caminho.
  
Jimmy Conway
  As grandes questões do roteiro são, o que o leva matar tantas pessoas de forma tão brutal? O que Conway realmente procura? Quais suas motivações? Jimmy Conway, interpretado por Tommy Lewis parece ser um total mistério. Com sua horrenda face parcialmente deformada por queimaduras, ele não diz absolutamente nada nas várias tomadas em que aparece e rouba a cena com sua imponência assustadora, pois Conway “fala” apenas com suas armas efetuando disparos certeiros em quem ele quiser matar ou apenas intimidar. E ele intimida o jovem Shane Cooper quando o vê pela primeira vez e o deixa tenso e bastante assustado, mas parece não vê-lo como um verdadeiro inimigo, o que deixa Shane um tanto intrigado.

  Ao longo da narrativa que se desenvolve no decorrer de um dia e uma noite, Shane Cooper questiona a real intenção de Conway em matar tantas pessoas em Red Hill e ainda caçar implacavelmente os homens da lei como se fossem animais, pois aquele homem deve ter profundas cicatrizes na alma que parecem refletir em sua face deformada pela crueldade que o atingiu em algum momento de seu passado misterioso em Red Hill. Shane Cooper se vê no meio de um fogo cruzado do qual ele não pode fugir, mas se vê no dever de buscar incansavelmente a verdade por trás do misterioso assassino e dos suspeitos habitantes da pequena cidade de aspecto árido e um tanto inóspito.
  


Shane com sua esposa
 
 
  Com tiroteios magistralmente encenados entremeados a um clima de suspense e mistério, Busca Sangrenta não chega a ser um filme realmente surpreendente, exceto pelo fato de não ser uma produção estadunidense, embora homenageie claramente o gênero faroeste em toda sua composição. E embora tenha sido lançado diretamente nos formatos digitais, esta produção australiana certamente encontrará seu público que poderá transformá-lo num cult, um mérito a ser alcançado.

veja o trailer



Título no Brasil: Busca Sangrenta

Título Original: Red Hill
País de Origem: Australia
Gênero: Ação
Tempo de Duração: 95 minutos


Ano de Lançamento: 2010
Estúdio/Distrib.: California
Direção: Patrick Hughes



Um comentário:

  1. Thomas Alex Bastos17 de março de 2011 09:20

    Esse eu ainda não vi, mas pelo trailer parecer ser um ótimo filme, muito melhor que os filmes de Ação feitos em Hollywood e dirigido por video clipeiros!!!

    Valeu pela dica, amigo!!

    ResponderExcluir