domingo, 21 de maio de 2017

aventura estradeira

LOUCA ESCAPADA

Há mais de 40 anos Spielberg fazia sua grande estréia nas telas do cinema

Resultado de imagem para louca escapada

  Em 1974 estreava nos cinemas norte-americanos o primeiro filme dirigido por Steven Spielberg bancado por um estúdio de Hollywood. Louca Escapada (Sugarland Express) marcava então a estréia do jovem cineasta nos grandes estúdios. Após o estrondoso sucesso de Encurralado (Duel, 1971) três anos antes, filme televisivo que deu destaque à Spielberg, ele fora então escalado para dirigir uma aventura um tanto hilária e ao mesmo tempo dramática ao contrário de Duel que era um filme de suspense e trazia uma trama extremamente tensa. Porém, Sugarland Express é também uma história ambientada em um longo percurso de estrada e o talento do diretor para tal empreitada resultou também em um grande sucesso, o início da brilhante carreira do lendário cineasta de hoje.
  Roteirizado por Spielberg em parceria com Hal Barwood e Matthew Robbins, Sugarland Express é baseado em uma história real ocorrida em 1969 no Texas, na qual o casal de fugitivos Robert e Ila Fae Dent sequestraram o policial Kenneth Crone e sendo perseguidos por carros de polícia, helicópteros e a imprensa local, empreenderam uma incrível fuga passando por diversas cidades do estado até chegarem à casa da mãe de Ila Fae. Uma história no mínimo curiosa que cedo ou tarde ganharia alguma adaptação nas telas do cinema.

Resultado de imagem para sugarland express

  O casal em questão tiveram seus nomes alterados na versão cinematográfica para Lou Jean Poplin e Clovis Michael Poplin, respectivamente interpretados por Goldie Hawn e Willian Atherton. O talento cômico e o carisma de Hawn que a tornou famosa na época deu o tom adequado de descontração para que a trama fosse menos tensa embora seja repleta de situações ora engraçadas, ora dramáticas, mas sem perder o ritmo contagiante típico de aventura road movie.

Resultado de imagem para sugarland express


  A trama tem início com Lou Jean visitando seu marido Clovis Michael em um presídio em que ele está cumprindo pena. Lou Jean executa um surpreendente plano de fuga do qual Clovis obviamente não esperava e acaba aceitando para não decepcionar a esposa, pois Lou Jean, uma ex-detenta recém liberta quer desesperadamente viajar para reencontrar seu filho que é pouco mais que um bebê e fora adotado por um casal que reside na cidade de Sugarland, o destino do casal numa fuga alucinada pelas estradas do Texas.
  Após a fuga discreta o casal Poplin pega a autoestrada e num trecho são parados pelo policial Maxwell Slide (Michael Sacks) por estarem em alta velocidade. Entretanto, durante a abordagem o casal aproveita-se de uma leve distração do policial e lhe roubam a arma passando a dominar a situação. E para que não sejam pegos pela polícia já que seus nomes começam a circular pelos noticiários, resolvem sequestrar o patrulheiro para que ele sirva de escudo para uma fuga bem sucedida.
Resultado de imagem para sugarland express


Resultado de imagem para sugarland express  De modo parecido com a história verdadeira, o casal logo ganha fama em boa parte do país e nas cidades por onde passam são amparados pela população local que passa a admirá-los por saberem que o motivo da fuga é tão somente para reverem o filho pequeno que se encontra sob a guarda de outra família e a fuga do casal é garantida de forma pacífica por capitão Tanner, o chefe de polícia que por meio do rádio controle negocia com Lou Jean para que não firam o policial e não façam nada de errado durante percurso no qual serão acompanhados por um comboio da polícia. Capitão Tanner, figura austera e um tanto paterna foi seguramente interpretado por Ben Johnson, ator veterano que atuou em diversos faroestes.

Resultado de imagem para sugarland express
  Com orçamento de 3 milhões de dólares, o filme foi bem nas bilheterias e colocou Spielberg devidamente dentro dos grandes estúdios de Hollywood. O jovem diretor teve o privilégio de estrear um novo tipo de câmera, Panaflex, o que lhe permitir elaborar cenas complexas filmadas dentro dos carros dos patrulheiros. O filme chegou a ganhar premio de melhor roteiro no Festival de Canne (França) e teve uma indicação na Palma de Ouro.  A fama do cineasta cresceria ainda mais de modo que seu próximo filme foi o que lhe deu fama mundial, Tubarão (Jaws, 1975) que como todos sabem já nasceu clássico tornando-se um dos maiores filme de todos os tempos. A grande jornada de Steven Spielberg estava iniciada rumo ao inevitável sucesso. (R.A.)

TRAILER


Resultado de imagem para louca escapada


Louca Escapada (Sugarland Express, 1974)

Roteiro: Steven Spielberg, Hall Barwood e Matthew Robbins

Direção: Steven Spielberg

Elenco: Goldie Hawn, Willian Atherton, Ben Johnson, Michael Sacks, Gregory Walcott, Steve Kanaly



  


terça-feira, 18 de abril de 2017

dicas quentes

LANÇAMENTOS EM DVD E BLU-RAY


Resultado de imagem para jack reacher sem retorno dvd  Jack Reacher: Sem Retorno foi lançado recentemente nos formatos digitais. Estrelado por Tom Cruise o filme traz uma nova trama protagonizada por Reacher, personagem agora famoso devido ao filme de sucesso Jack Reacher: O Último Tiro estrelado por Cruise em 2013 baseado no livro homônimo escrito por Lee Child. Na nova trama, Reacher retorna à base militar onde serviu, na Virgínia a fim de convidar a major Susan Turner para um jantar. Ao chegar na base, ele descobre que a major está presa sob acusação de ter vazado informações secretas. A partir de então Reacher envolve-se em uma trama intrincada para ajudar a provar a inocência de Susan e descobrir os segredos obscuros da base militar. 







Resultado de imagem para anjos da noite guerras de sangue dvd  A franquia de sucesso Anjos da Noite chega ao seu quinto capítulo com o subtítulo Guerras de Sangue. Exibido nos cinemas em dezembro do ano passado, o filme chegou aos formatos digitais no final de março. A trama traz novamente a personagem Selene interpretada  por Kate Beckinsale. A guerreira vampira que desde o início da saga luta para acabar ou amenizar a guerra secular entre os clãs de lobisomens e vampiros, desta vez em meio a um novo levante, utilizará toda sua influência para negociar um cessar fogo e tentar estabelecer a paz definitiva entre os clãs que disputam o domínio sobre a humanidade. 



terça-feira, 28 de março de 2017

retorno triunfal

KONG: A ILHA DA CAVEIRA

Rei gorila está de volta e inicia seu novo reinado nas telas do cinema

Resultado de imagem para kong a ilha da caveira

  O monstro mais popular da história de Hollywood surpreende púbico e crítica em sua nova versão. Kong: Skull Island (2017) traz de volta o temível gorila pré-histórico com a mesma força e ferocidade de sempre, porém com maior estatura, agora com 30 metros, bem mais alto que o animal visto no filme King Kong de 2005. Desta vez produzido pelos estúdios da Warner Bros ao invés da Universal Studios (que produziu todos os anteriores), Kong abre um novo capítulo para o mítico personagem ao apresentá-lo tanto à novas platéias quanto à nostálgicos fãs.
   Roteirizado por Derek Connolly, Max Boresntein e incrivelmente dirigido por Jordan Vogt-Roberts, diretor que tem apenas um filme no currículo e conseguiu convencer os estúdios a deixá-lo comandar o novo longa, Kong traz um ótimo elenco encabeçado Samuel L. Jackson, John Goodman, Tom Hidleston, John C. Reilly e Brie Larson. Paisagens espetaculares fotografadas nas selvas do Vietnã e também na Austrália compõem o cenário natural da ilha da caveira, lugar extremamente remoto e de difícil acesso além de inóspito, que segundo o cientista Bill Randa, personagem de Goodman, é habitado por criaturas pré-históricas e guarda segredos desconhecidos para o interesse da ciência.

Resultado de imagem para kong skull island


Imagem relacionada
O filme faz ótimas referências: desde Apocalipse Now (1979)
até Inferno no Pacífico (1968)

  Ambientada na década de 1970, a trama é convenientemente embalada por hits musicais de sucesso daquela época, já que os soldados estão sempre ouvindo música nos momentos de folga ou até mesmo quando estão em atividade e assim de  bandas setentistas como Creedance Clearwater Revival, Black Sabath entre outras compõem a ótima trilha sonora do filme de Vogt-Roberts.

Resultado de imagem para kong skull island  Fazer um gorila bípede ao invés de quadrúpede foi uma decisão mais do que certa já que isto ressalta bem mais sua elevada estatura principalmente diante de seus adversários predadores, outras enormes espécies pré-históricas que também habitam a ilha da caveira e são bastante temidas pela tribo de nativos humanos que habita a floresta. As diversas criaturas são desde búfalos selvagens até aranhas gigantes e pássaros pterodáctilos, todos desenvolvidos com muito esmero e realismo, desta vez pelo efeitos visuais da Industrial Light & Magic. E para dar vida aos movimentos e expressões do gorila, o ator Toby Kebbell é quem se submeteu à captura de movimentos, além de também atuar no filme interpretando um dos soldados do coronel Packard (Samuel L. Jackson). 


Resultado de imagem para kong skull island


  O filme vem fazendo bastante sucesso e números expressivos nas bilheterias chegando a superar Logan nas bilheterias americanas durante a estréia. Orçado em 185 milhões de dólares, a nova aventura do lendário gorila é dos mesmos produtores de Godzilla (2014), também um grande sucesso. Mas o rugidos das feras não para por aí, pois tem rezado a lenda que os dois lendários monstros se enfrentarão num dos próximos filmes. Levando-se em conta que filmes de monstro estão na moda em Hollywood não é de se duvidar que isso ocorra. Quem sobreviver, verá.  (R.A.)





TRAILER



Resultado de imagem para kong a ilha da caveira
 Kong: A ilha da Caveira (Kong: Skull Island, 2017)


Roteiro: Derek Connolly, Max Boresntein



Direção: Jordan Vogt-Roberts



Elenco: John Goodman, Samuel L. Jackson, Tom Hildeston, Brie Larson, John C. Reilly, Tobby Kebbell. 


segunda-feira, 20 de março de 2017

em garras

LOGAN

Último filme de Wolverine conquista público e crítica e se consolida como o filme mais ousado da Marvel

Imagem relacionada

  "O homem é o lobo do homem", já dizia o filósofo inglês Thomas Hobbes. Tal citação aplica-se perfeitamente à Logan, que mais do que nunca faz uso de toda sua força e habilidades para enfrentar sua última batalha neste que é o último filme de sua franquia e possívelmente último também da franquia X-Men. Hugh Jackman faz uma total entrega ao personagem que o lançou às telas do cinema há 17 anos e o tornou o astro que é hoje. O ator não apenas encarna o carcaju mutante pela última vez, mas faz um excelente trabalho,uma das melhores interpretações de sua carreira até o momento.
  Entretanto Logan não é único que se torna seu próprio lobo ao ter de encarar os fantasmas de seu passado pela última vez. Aqueles que o perseguem, agentes enviados pela organização que criou a Arma X, ou seja, criaram o esqueleto metálico de Wolverine, também travam sua batalha definitiva contra o mutante canadense em toda sua fúria animal a despeito de sua idade avançada e de algumas limitações. Ostentando uma fotografia extremamente poeirenta, o filme revela-se um excelente road-movie conduzindo o público à derradeira jornada do lendário personagem.

Imagem relacionada


Imagem relacionada  Dirigido com maestria por James Mangold que em 2013 comandara o ótimo Wolverine Imortal, Logan revela-se uma grande surpresa já que é o filme que todos os fãs de quadrinhos aguardaram por anos e uma grande satisfação para os críticos em geral que já o consideram uma obra prima e sem o estereótipo de ser chamado de filme de história em quadrinhos. O roteiro escrito por Mangold em parceria com Scott Frank e Michael Green ambienta a trama no ano de 2029 e surpreende desde o início quando numa briga de rua contra assaltantes tentando roubar seu carro, Logan ao sacar suas garras, uma delas sai pela metade parecendo estar defeituosa além de o personagem mancar e tossir o tempo todo ao longo do filme, sinais da passagem do tempo e de seu óbvio envelhecimento tendo como base a Hq O Velho Logan (Old Man Logan) publicada em 2008.


Imagem relacionada

Imagem relacionada
 
   Como todo grande filme, a obra de Mangold é recheada de grandes interpretações e nesse quesito Patrick Stwart está simplesmente soberbo e também faz a melhor interpretação de sua carreira compondo um professor Xavier extremamente magro e bastante envelhecido, doente e um tanto rabugento devido aos seus 90 anos de idade. Num futuro um tanto distópico onde os X-Men já não existem, Logan, Xavier e Caliban (Stephen Merchant) são o que sobrou do lendário grupo e tudo o que resta ao mutante canadense é cuidar de seu professor já que este se encontra debilitado por alguma doença cerebral degenerativa que ao provocar surtos  faz com que Xavier libere seu poder mental sem nenhum controle, o que pode colocar em risco muitas vidas ou até mesmo toda a humanidade do planeta já que o maior cérebro do mundo encontra-se doente.

Resultado de imagem para logan xavier

   Se as atuações de Jackman e Stwart são dignas de prêmios, a pequena e estreante Dafne Keen também não fica atrás ao interpretar Laura, uma menina mutante que tem os mesmos poderes de Wolverine, ossos de adamantium e um fator de cura avançado. A garotinha britânica de apenas 11 anos interpreta a menina mutante com uma intensidade raramente vista em crianças, até mesmo por ela ter sua estréia como atriz neste filme. A pequena Laura tem um ferocidade espantosa em combate parecendo mais um pequeno animal do que uma mera criança, realmente digna de substituir Wolverine, fato que já ocorreu no universo dos quadrinhos já que ela é a X-23.

Resultado de imagem para logan Laura

   Melancólico e um tanto pessimista, a obra de Mangold retrata com muita coragem um futuro nada bonito e nada esperançoso para a raça mutante, desde sempre retratados como uma de várias minorias que parecem nunca encontrar um lugar ao sol recebendo da sociedade que tanto protegeram apenas desprezo e indiferença. Em sua terceira semana de exibição, o filme já alcançou US$ 500 milhões em bilheteria mundial até o momento, segundo o site Observatório de cinema, tornando-se o filme mais rentável da franquia X-Men. O futuro do herói canadense e de seus companheiros, pelo menos por enquanto, é incerto nas telas do cinema e... sem nenhuma dúvida a despedida do personagem e do ator é digna de lágrimas, mas também de aplausos. (R.A.)

TRAILER


Resultado de imagem para logan
Logan (Eua, 2017)

Roteiro: James Mangold, Scott Frank e Michael Green

Direção: James Mangold

Elenco: Hugh Jackman, Patrick Stwart, Dafne Keen, Stephen Merchant, Boyd Holbrook. 

sábado, 11 de março de 2017

relatório: Elas

MULHERES CORAGEM

O poder feminino toma conta das telas 
do cinema e da TV

Resultado de imagem para mad max estrada da fúria
   É cada vez mais notório que as personagens femininas vem exercendo um protagonismo cada vez mais recorrente no universo da sétima arte, seja no cinema ou na TV nestes últimos anos ou melhor dizendo nestes novos tempos. Na história da humanidade por inúmeras vezes a mulher exerceu papel secundário na sociedade sendo vista apenas como um suporte ou alento  para as angústias do homem que via de regra sempre esteve à frente de tudo e obviamente esse retrato predominou nas telas do cinema desde o início dos tempos modernos, mas... isso tem mudado, já que o pensamento evolui ainda que a passos lentos e naturalmente novos e bem vindos conceitos se formam a ponto de (quase) derrubar velhos e ultrapassados paradigmas mesmo que talvez tardiamente. Entretanto, tarde ou não o poder feminino cada vez mais presente na sociedade mundial reflete também nas telas do cinema e da TV. Aproveitando o mês de março dedicado às mulheres conheçamos neste relatório as personagens nada frágeis que manifestaram seu poder e conquistaram público e crítica. 


IMPERATRIZ FURIOSA

Resultado de imagem para imperatriz furiosa  Em 2015 quando estreou nos cinemas Mad Max: Estrada da Fúria, reboot da consagrada franquia  australiana Mad Max, o público foi surpreendido não só pela reinvenção que o diretor George Miller deu à sua própria obra, mas principalmente pela figura feminina que roubou literalmente a cena de seu filme. A valente Imperatriz Furiosa interpretada por Charlize Theron roubou os olhares do público e da crítica com sua personagem que faz jus ao nome de guerra pelo qual é chamada na surpreendente trama. A força e a energia da destemida personagem foi determinante para o sucesso do filme do filme, até mais do que o próprio Max interpretado por Tom Hardy que mais pareceu coadjuvante ao lado da personagem guerreira. 


ALICE 

Resultado de imagem para Alice Milla Jovovich  Protagonista da franquia de sucesso Resident Evil, a personagem cujo nome lembra uma estória infantil é a última esperança do que resta da humanidade na batalha contra zumbis num mundo pós apocalíptico. Interpretada acertadamente por Milla Jovovich, Alice tem um belo e delicado rosto de menina que contrasta perfeitamente com sua ferocidade em combate na luta contra zumbis e monstros que são aberrações genéticas. Uma heroína apocalíptica tão valente quanto qualquer um dos homens que restam num mundo devastado.


JÉSSICA JONES

Imagem relacionada  Adaptada dos quadrinhos da editora Marvel para uma série produzida pela Netflix, Jéssica Jones é uma detetive particular que tem força física sobre-humana, ou seja, é três vezes mais forte do que um homem. Interpretada por Krysten Ritter, a destemida detetive revela-se uma personagem excepcional investigando com certa naturalidade crimes brutais e misteriosos, mas sem deixar de lado sentimentos femininos que a tornam uma grande mulher apesar de sua força física incomum.


DIANA PRINCE

Resultado de imagem para mulher maravilha  Personagem de histórias em quadrinhos há muito tempo conhecida do público por um seriado de Tv e por desenhos animados, a Mulher Maravilha ganhou sua versão cinematográfica em uma participação do filme Batman Vs Superman, sucesso nos cinemas em 2016. Este ano ela estrela seu filme solo com previsão de estréia para o início de junho deste ano. Criada na ilha das amazonas que é habitada somente por mulheres, Diana é uma princesa guerreira que após ter contato com outras civilizações fora de sua ilha, percebe que o mundo precisa de seus poderes e de sua força sobre-humana na luta contra o mal. 



NATASHA ROMANOFF

Resultado de imagem para natasha romanoff
 Outra personagem originária dos quadrinhos mais conhecida pelo codinome de Viúva Negra, Natasha Romanoff é uma agente russa que trabalha para a S.H.I.E.L.D., órgão ultra-secreto de defesa do governo norte-americano. Natasha é altamentte treinada em artes marciais e em vários tipos de armas de fogo, uma mulher altamente letal. Integrante da equipe de super-heróis Vingadores, ela se envolve em arriscadas missões não apenas junto da equipe, mas também sozinha ou em parceria com o Gavião Arqueiro. Interpretada por Scarlett Johansson, é uma heroína moderna tão bela quanto fatal.


quarta-feira, 8 de março de 2017

Dupla dica

LANÇAMENTOS EXPLOSIVOS EM DVD

FORA DE RUMO
Resultado de imagem para fora de rumo jackie chan dvd  O super astro chinês Jackie Chan está de volta em mais uma de suas aventuras malucas regadas a ação e muita comédia. Desta vez o lendário ator forma dupla com o atrapalhado Johnny Knoxville no filme Fora de Rumo (Skiptrace) sob a direção de Renny Harlin, cineasta especialista em filmes de ação e mais conhecidos nos anos 90 por sucessos como Duro de Matar 2 (1990) e Risco Total (1993). Na trama, Jackie é Bennie Chan, um dedicado policial chinês que ao testemunhar a morte de Yung (Eric Tsang) seu melhor amigo e também policial, passa a cuidar da filha dele e  a viver numa busca obssessiva em vingar a morte do amigo. Entretanto seu caminho se cruzará com o de Connor Watts (Knoxville), um trapaceiro que está fugindo máfia russa, mas que tem informações que podem levar Chan a descobrir quem foram os responsáveis pela morte de seu amigo policial. Chan e Watts cruzam o país numa fuga desenfreada ao serem  perseguidos pelos mafioso e o resultado é um passeio turístico forçado com muita confusão e cenas extremamente hilárias. Imperdível. 




FERVURA MÁXIMA

Fervura Máxima (DVD)  Pela primeira em DVD no Brasil é lançado o filme Fervura Máxima (Hard Boiled), sucesso chinês de 1992 e último filme do diretor John Woo no cinema chinês antes de ele ir para Hollywood. Na trama  que se passa em Hong Kong, o policial Yuen,mais conhecido pelo apelido de Tequila e interpretado por Chow Yun Fat, fica transtornado ao perder seu melhor amigo em um tiroteio com gangsters em uma casa de chá. Seguindo pistas que o levem à quadrilha que matou seu amigo, Tequila se une a Alan, um assassino profissional que se propõe a ajudá-lo e juntos eles travam o mais brutal confronto contra os criminosos a fim de impedir que muitos inocentes morram. Fervura Máxima foi um grande sucesso em home vídeo aqui no Brasil na época das saudosas video-locadoras. 


quinta-feira, 2 de março de 2017

ação noventista

BLACK JACK

Em 1998 Dolph Lundgren estrelava um dos melhores filmes de sua então estelar carreira

Resultado de imagem para black jack dolph lundgren


  Próximo do final dos anos 90, o então astro Dolph Lundgren estrelava um de seus mais expressivos filmes sob a direção de ninguém menos que John Woo, o mestre chinês da ação que após consagrar-se na China, seu país de origem, começou também uma promissora carreira em Hollywood tendo dirigido Van Damme no grande sucesso O Alvo (1993), e a partir de então mais alguns filmes de ação de com altas bilheterias como A Outra Face e Códigos de Guerra. Embora Black Jack possa ser considerado o menor filme de Woo com uma produção mais simples já que foi feito para a Tv, não deixa de ser menos espetacular na ação que o cineasta chinês dominava com perfeição na década de noventa.
  Roteirizado por Peter Lance, a trama apresenta Jack Devlin, o personagem de Lundgren que o interpreta de modo despojado como um sujeito bastante simpático e sociável que gosta de demonstrar uma notável habilidade com cartas de baralho, ao contrário do típico personagem durão que estamos acostumados a ver em qualquer película de ação. A despeito de seu despojamento e empatia, Jack é um grande profissional naquilo que faz e seu trabalho é proteger vidas, pois é um ex-agente altamente treinado e ganha a vida como segurança, sendo bastante requisitado em tal ramo.

Resultado de imagem para dolph lundgren black jack

  O destemido Jack ao proteger uma garotinha chamada Casey (Padraigin Murphy), filha de um grande amigo seu, durante uma invasão armada passa algo inesperado que o leva desenvolver um estranho trauma relacionado a cor branca - ao olhar diretamente para explosão de luz de uma granada, Jack tem sua visão bloqueada momentaneamente, algo que parece ser um evento passageiro, mas não é, pois afeta seriamente sua percepção da realidade levando-o a desenvolver uma misteriosa fobia da cor branca, de modo que qualquer objeto ou superfície que seja desta cor o deixa atordoado e até incapacitado de reagir, algo que a Dra. Rachel Stein (Kate Vernon), sua psicóloga, atribui a uma causa relacionada a uma experiência de quase morte. Desde então Jack utiliza óculos escuros o tempo todo e evita qualquer contato visual com a cor branca.

Resultado de imagem para dolph lundgren black jack

Resultado de imagem para dolph lundgren black jack 
  Jack é procurado por Tim Hastings (Fred Willianson), agente do FBI e encarregado da equipe de segurança da famosa modelo chamada Cinder James (Kam Heskin), já que esta vem sendo perseguida por um misterioso assassino que segue todos os seus passos e ainda consegue confundir os experientes seguranças. Hastings é um grande amigo de Jack e sabe que ele é o agente mais preparado e experiente para lidar com casos complexos, pois a bela modelo pode ser facilmente encontrada e morta a qualquer momento, já que o perseguidor tem um arsenal de armas e uma mira certeira de fazer inveja a atiradores de elite.
  Após Hastings ser baleado pelo psicopata e ser internado em estado grave, Jack resolve então assumir a missão do amigo e comandar a equipe de segurança para proteger Cinder e engajar-se numa incansável busca a fim de encontrar o assassino e detê-lo a qualquer custo. À medida que Jack vai avançando em suas investigações e descobrindo mais pistas sobre o assassino, ele também precisa confrontar sua fobia da cor branca, seu ponto fraco que ele terá de superar em vários momentos de perseguição.

Imagem relacionada
John Woo orientando Lundgren e os demais atores
   Como é de praxe Woo elabora sequências espetaculares como o tiroteio no início da trama entre Jack e um grupo de atiradores na casa de seu amigo e as cenas de perseguição de moto na metade do filme quando Jack persegue um grupo de assassinos para proteger a modelo. Assim como demonstrou anos antes em O Alvo, o cineasta chinês capricha em longas em detalhadas sequencias de ação empregando sabiamente a câmera lenta para o deleite do público bem como Lundgren fez uma atuação acima da média, algo que também é de praxe em boa parte de seus filmes. Com uma trama envolvente e atores carismáticos é uma pena que Jack Balck fora concebido como telefilme. Entretanto é um filme digno de nota e um dos melhores de Lundgren bem antes que sua carreira virasse a bagaceira que é atualmente. Enfim, nostalgia mais do que recomendada. (R.A.)


TRAILER


Resultado de imagem para black jack dolph lundgren
Black Jack (EUA, 1998)


Roteiro: Peter Lance


Direção: John Woo


Elenco: Dolph Lundgren, Fred Willianson, Kate Vernon, Kam Heskin, Padraigin Murphy, Phillip McKenzie, Saul Rubinek