domingo, 3 de julho de 2011

trhiller revisitado

Assassino a Preço Fixo
Novo filme de Jason Statham atualiza trhiller dos anos 70

  Refilmagens tornaram-se modismo em Hollywood depois da virada do século, e na década anterior o público presenciou vários filmes que tiveram a pretensão de atualizar velhas histórias consagradas nas telas do cinema no século passado. Com o cinema físico não foi diferente e agora na atual década, uma história outrora filmada nos anos setenta do século anterior é atualizada sob a direção de Simon West, tendo o astro Jason Statham como protagonista. Trata-se de Assassino a Preço Fixo (The Mechanic, 2011), anteriormente estrelado por Charles Bronson e dirigido por Michael Winner.
  Statham interpretada Arthur Bishop, o assassino do título do filme ou "mecânico", palavra que neste contexto significa tratar-se de um homem altamente treinado para matar, alguém que só age mecanicamente e sem questionar quando o assunto é eliminar um alvo designado por seus contratantes e esse alvo normalme são pessoas corruptas e de má reputação. Mas Bishop pela primeira vez em sua vida de assassino, questiona uma missão que será dificil de aceitar: matar Harry Mackenna (Donald Sutherland), coincidemente, seu amigo.
Cartaz alternativo do filme


Bishop e Harry

  Bishop aceita a missão com bastante resignação e a cumpre, mas talvez não imagine que isso mudará completamente os rumos de sua arriscada profissão. Quando o filho de Harry, Steve Mackenna (Ben Foster), chega à cidade para visitar o túmulo do pai e tentar vingar sua morte, ele fica conhecendo Arthur, que vê no rapaz um grande potencial para tornar-se também, um mecânico. E assim ele o treina para torná-lo um parceiro. E Ben Foster com disposição e talento, encarna o personagem Steve como um jovem frio sem nada perder que se joga de corpo e alma no submundo do assassinato.


Ben Foster









  Toda a ação do filme é construída a partir de um enredo de muito suspense, com situações bastante tensas, afinal Bishop é um assassino por excelência de modo que elimina suas vítimas fazendo parecer que foi apenas acidente e sem deixar a menor pista de sua presença, o que pode tornar o filme atraente para aqueles que apreciam tramas recheadas de suspense e ação na dose certa, sem os exageros ou malabarismos característicos dos filmes anteriores estrelados por Statham.

 

  O roteiro não chega a ter um vilão marcante ou bem especificado, pois isso é algo subjetivo que aos poucos vai se revelando ao longo da narrativa, quando Bishop descobre coisas inesperadas que o fazem perceber o quanto ele foi manipulado de forma desonesta num jogo sujo que nem toda a sua astúcia e inteligência poderiam prever.
  Assassino a Preço Fixo é um trhiller envolvente e bastante eficaz. Atualmente lançado nos formatos digitais, demonstra que é possível recontar boas histórias que marcaram o cinema físico e na medida do possível, agradar públicos de diferentes gerações. Afinal velhos roteiros ainda podem render bons filmes, no já escasso cenário das atuais produções de Hollywood.

Algumas curiosidades sobre o filme original

  •  Inicialmente Arthur Bishop seria interpretado por Cliff Robertson, com Jeff Bridges sendo Steve McKenna;
  •  O título original é uma referência a uma gíria americana, "mechanic", que significa assassino de elite contratado;
  •  Este é o 2º de seis filmes em que Charles Bronson trabalha com o diretor Michael Wimmer. Os demais foram Renegado Impiedoso (1972), Jogo Sujo (1973), Desejo de Matar (1974), Desejo de Matar 2 (1982) e Desejo de Matar 3 (1985);
  •  É o primeiro filme dirigido por Michael Wimmer nos Estados Unidos. O filme anterior que fez com Charles Bronson, Renegado Impiedoso (1972), foi rodado na Espanha;
  •  Charles Bronson tinha 50 anos quando rodou este filme;
  •  Jill Ireland, esposa de Charles Bronson, interpreta uma prostituta em Assassino a Preço Fixo;
  •  Não há diálogos no início do filme. A primeira palavra é dita apenas com 15 minutos 10 segundos de duração;
  •  O diretor Michael Winner foi um dos responsáveis pela edição, usando o pseudônimo Arnold Crust Jr.;
  •  Ao todo 25 pessoas são mortas em Assassino a Preço Fixo;
  •  A cena final foi rodada em Nápoles, na Itália;
  •  Na época de seu lançamento, foi divulgado que o filme tinha uma cena com a maior explosão controlada já feita em Los Angeles. Para realizar a explosão foram usados cinco tanques de combustível e 18 quilos de pólvora negra, colocados em um hotel.  
Fonte: agradecimento especial ao internauta Thomas Alex Bastos que colaborou com esta lista de informações.

Veja o trailer



Título original: (The Mechanic)

Lançamento: 2011 (EUA)
Direção: Simon West

Atores: Jason Statham, Ben Foster, Tony Goldwyn, Donald Sutherland.

Duração: 92 min
Gênero: Ação







4 comentários:

  1. Thomas Alex Bastos3 de julho de 2011 14:42

    Esse filme eu simplismente voi boicotar, porque avesso a remakes.
    Agradeço por você ter postado as informações adicionais ao clássico estrelado por Charles Bronson, dando seus devidos créditos.

    ResponderExcluir
  2. E aí Thomas, td bem?! Ainda não vi o filme original, ma as acho que o Statham e o Ben Foster deram conta do recado. Em breve vou falar sobre filmes do Charles Bronson, para que o público atual conheça as boas raízes do cinema de ação.

    ResponderExcluir
  3. Thomas Alex Bastos4 de julho de 2011 09:06

    Não perca tempo e assista o original, que é um filme nota 10000!!!
    Sobre falar mais sobre o Bronson e outros ícones do cinema de ação do passado eu acho uma ótima idéia, se precisar de alguma ajuda eu estarei disposto a ajudar!!!

    ResponderExcluir
  4. Então Thomas, tenho bastante material para falar dos caras do passado e estou planejando matérias bem bacanas pro blog. Vou falar de biografias e de assuntos variados, como por exemplo trilhas sonoras. Para conversarmos melhor, me mande e-mail
    actionclub.alves@gmail.com
    Abraço e até mais!!

    ResponderExcluir